terça-feira, 2 de outubro de 2007

O importante é acreditar...


e sonhar sempre.
Minha meta é chegar e conseguir manter 40 kg comendo frutas,salada,tentando melhorar a minha saúde sem me sentir mais feia por causa disso.Mas sonhar e reclamar não ajudam em nada então meu plano consiste em:colocar em prática os conselhos que teimo em não seguir e parar de me sabotar quando estou bem de saúde,magra e mesmo que eu não enxergue...vou ter que confiar nas pessoas e pensar um pouco em mim.
peso atual:46,3 kg
meta:40,0 kg
*Porque eu posso ser minha melhor amiga e pior inimiga também*
Fome física, ou do estômago, é a fome fisiológica; nossa necessidade de reabastecimento. É a fome que sustenta a vida.Fome emocional, ou psicológica, é a fome que não tem ligação com a sustentação da vida. Implica em comer "apenas por que a comida está lá"; "porque alguém se preocupou em prepará-la"; "porque paguei pela comida", "porque tenho pena de jogar fora"; "porque me sinto ansioso"; "porque estou triste, frustrado, feliz, etc...". Por fim, a fome emocional é a que nos faz comer mais e mais, apesar de já estarmos satisfeitos ou até passando mal. É ela que nos faz engordar.Aprendendo a reconhecer cada umaPara ajudar em seu emagrecimento é essencial aprender a reconhecer a diferença entre fome física e fome psicológica, e passar a comer apenas pela fome do estômago. Geralmente as pessoas compulsivas alimentares comem pela fome emocional e por isso engordam. Se sua mão, ou sua mente, movem-se em busca de comida quando você não está com fome, você é considerado uma pessoa compulsiva alimentar.Para curar seu problema alimentar e emagrecer, é preciso que você restabeleça a ligação entre o alimento e a fome física, ou do estômago, ou seja, parar de procurar comida quando não estiver com fome, e se permitir comer quando tiver fome física, sem restrições alimentares (sem dietas proibitivas).A cada vez que se alimenta quando seu estômago exige, você está realizando duas tarefas importantes: você nutre-se fisiológica e emocionalmente. Para isso: a cada vez que quiser comer, deve-se perguntar: "Estou com fome?"Por mais simples que pareça essa pergunta, para as pessoas compulsivas, ela é muito complexa, pois, em geral, a última coisa em que pensam quando procuram comida é na fome.Muitas vezes, a sensação de fome do estômago significa, para as pessoas que passaram muita privação na vida (principalmente as que já passaram e passam por dietas proibitivas) uma lembrança dos tempos ruins. Não conseguem sentir fome sem lembrar de todas as outras emoções que sempre acompanharam essa sensação.Abandonando a compulsãoPara comer "normalmente", deixar de ser um compulsivo e emagrecer, você precisa agir como uma pessoa que se alimenta de maneira normal e colocar a comida, de novo, em seu devido lugar.Toda criança sabe pedir comida quando tem fome e parar de comer quando satisfeita. Crianças seguras aprenderam, através de incontáveis seqüências de sentir fome e serem alimentadas, que o mundo responde às suas necessidades de maneira confiável. Na verdade, cada vez que uma criança faminta chora e é alimentada, reforça-se a mensagem de que suas necessidades serão satisfeitas e, em conseqüência, ela se torna um pouco mais forte psicologicamente.Infelizmente, em determinado ponto do caminho entre a infância e a idade adulta, (existem várias causas para a compulsão alimentar), sua capacidade de reconhecer e aplacar a fome do estômago foi vencida pela compulsão de comer.O primeiro passo a dar para retomar o antigo esquema de alimentar-se por necessidade é:

4 Esperar sentir a fome do estômago, e não seguir um horário pré-determinado para se alimentar (ex.: hora do café da manhã, almoço ou jantar). O que de fato importa é que você se alimente de acordo com a fome, e não, de acordo com o relógio. 4 Não pensar em "dieta" quando sentir a fome física. Não se privar. A privação leva à compulsão alimentar. Por enquanto seu objetivo deve abandonar qualquer interferência externa como tabelas calóricas e horários de refeição. Sua referência deve ser interna (se perceber), e assim, o seu corpo o encaminhará nesse processo.Alguns compulsivos temem iniciar esse processo, pois temem a intensidade da fome, e que essa os levem ao descontrole alimentar. "E se a minha fome não for saciada?". A única fome insaciável é a psicológica.Muitos compulsivos não se permitiram esperar sentir fome física, pois ressentem ter de confiar em si mesmos para sua nutrição, o que é normal, pois quantas dietas eles já iniciaram e não foram capazes de chegar ao final, ou quando chegavam, voltavam a comer compulsivamente e a engordar? Na verdade, os compulsivos não têm base para confiar em si mesmos como provedores.Se você está entre aqueles que temem a sensação de fome do estômago, deve enfrentar este medo e observá-lo de forma objetiva. De maneira realista. A fome fisiológica é uma sensação fácil de ser cuidada com a quantidade adequada * de comida. A cada vez que você se alimenta pela fome do estômago, demonstra a si mesmo que é capaz de satisfazer suas necessidades e ir adquirindo a autoconfiança.Não se recrimine, não se xingue, não se culpe se acontecer (o que é provável) de você comer por emoção. Apenas perceba que o fez e se proponha tentar novamente esperar a fome física. Saber que pode contar com alguém tão atento e carinhoso quanto você mesmo irá diminuir sua necessidade de recorrer à comida quando estiver com problemas. Quanto mais comer pela fome física, menos precisará comer pela fome emocional.O número casa vez maior de experiências da alimentação pela fome do estômago terá um efeito cumulativo, e com isso, a cura para a sua compulsão, o que resultará em seu emagrecimento, manutenção definitiva de seu peso e melhor qualidade de vida.

* Para saber a quantidade necessária, experimente o seguinte:
a) Espere a fome (física) para comer (perceba-se);b) Coma devagar. Mastigue bem. Dessa forma a saliva pode cumprir o seu papel na digestão (a digestão se inicia na boca, e não no estômago). A mastigação lenta aciona o mecanismo de saciedade, que funciona assim: quando a quantidade necessária de comida chega ao estômago, esse envia mensagens químico-elétricas através de neurônios e hormônios até o hipotálamo (região do cérebro que responde pelo comando das principais atividades do metabolismo). A mensagem de "chega" dispara, então, a sensação de satisfação plena do apetite. Como todo esse processo leva algum tempo (minutos), recomenda-se comer devagar. Assim, atinge-se a saciedade com menos comida. Se você acha difícil, passe a repousar os talheres no prato a cada garfada.

14 comentários:

#Andie# disse...

Linda a última frase.
Eu estou com 47,1kg e tentando não ficar avariada e nem chorar.
Já tive dias piores,então vou melhorar meu rosto e minha alimentação pq preciso tb.
Tu tem dado ótimos conselhos.És tão novinha e vejo cm amadureceu com a ana.Mesmo q tenhas dias tristes...eles não superarão os q estão por vir.
Se tu me der a mão eu gostaria de trilhar esse caminho de "amor para consigo mesma".Pq não qro me odiar.
Bjos.

Lady_LF.Meu dia-a-dia disse...

linda naum se preocupa ok!!!
eu ja naum sintO fome e finalmente to conseguindO controlar meu mairo tormentO(as compulsoesss)to alegre pq finalmente vou retomar a minha forma antiga linda e magra...
boa sorte pra vc tbm viu a gente chega lá..
beujussss
ta add no meu blog ok!!!

ferzinha disse...

muito bom o seu post...
afinal, eh possivel emagrecer sem prejudicar a saude...
uma vez li um post seu em que vc dizia que comia "muita caloria vazia" como um saco de biscoitos, onde vc passava o dia com isso.
fic feliz que vc quer ser mais saudável e nem por isso deixar de alcançar suas metas.
uma hora o corpo cede..
temos que pensar nisso!
beijãoo e adorei!
se cuida!

Ariella disse...

Amei o post...
Tendo comigo a mia do meu lado por vezes episodios acontecem,e ao ler isso vejo k é totalmente verdade o que dizes, tenho compulsoes knd estou trsite, em baixo, nao por ter fome mas sei lá pk...
Enfim, obrigado pelas dicas, acredita que a prg "Tens fome?" vai ser feita todas as vezes que tiver vontade de comer xD
Beijo enorme
**muuahh**

PRINCESS disse...

Oi lindaaa =]
nossa, adorei seu blog!Vlw por ter passado no meu :)
nossaaa, vc tá magra então!ta com 40 e poucos kilos...
eu to com uns 60!!!!!!! :(
naum sei se é isso mesmo pq faz tempo q naum me peso...mas é por aí.Kero xegar aos 50!
AMEI a entrevista com a 'Maldição' q vc postou...vo fazer comigo depois.
éé horrivel engordar e emagrecer, né! :/
aff, isso sempre acontece comigo...consigo emagrecer, fikar magra..e aí depoiis engordo td de novo (como é o caso agora ¬¬ tô gigante).
vc gosta de RBD? Eu vi q sua meta é o corpo da Anahi..
beijos :*

barbie disse...

Oii! nossa, adorei se blog! vim retribuir a visita! muita força, linda! beijo

barbie disse...

opa, perahi... você gosta da ANAHÍ??


nossa, ela é minha thinspo favorita, AMO AMO AMO de paixao! beijo

nina disse...

amei o post e as dicas...
acho q vou fazer isso essa semana, esperar a fome bater, comer beeem devagar e sentir onde é a minha saciedade...
o resto é só consequência de uma boa reeducação...
bjooos linda
=*****

lovely_anna disse...

Oi Aninha !!
Ai, é isso que eu queria pra mim também ! Alcançar a minha meta e seguir uma dieta saudável pra não perder a saúde ! Porque eu quero ser magra e ainda assim continuar
viva para aproveitar a minha magreza !
Temos que fazer um pacto e prometer para nós mesmas que vamos fazer isso!!!

Esperar a fome física e comer devagar são as coisas mais dificeis pra mim ! Eu, gulosa do jeito que sou e com tendência grave a compulsividade ... é muito dificil! Mas estou tentando praticar isso !

Vou indo lindinha !!!
Beijinhoooossss !!!!
Keep strong !!!!

Gaba. disse...

oieeeeeeee!
A fome psicológica me derruba... e muito... tenho q parar c/ isso Oo

estou aqui p/ avisar q meu blog não estah mais em hiatos e pricipalmente tô aki p/ agradecer.
Agradecer as palavras e a força q me destes em momentos dificeis e pricipalmente agora.
Brigada!!
:***********

lady serena disse...

linda só vim dizer pra passar no meu blog e deixar seu e-mail,por q eu vou bloquear o blog e quero mandar seu convite.

bjos

Anna Reversa disse...

MUITO BOM ESSE TEXTO QUERIDA!
Esperao que além de tê-lo lido, também o siga à risca.
Bjocas e bom resitnho de semana

ana_tedine disse...

oii querida!!! amei o seu blog, e sim tou tentando emagrecer d forma saudavel mas as vezes m desamino porque quero resultados rapidos....obrigada pela força e força vc ai...kiss kiss

Nina disse...

Que texto interessante! Pura verdade, '...a única fome insaciável é a psicologica'

muuuuito obrigda pela palavras que vc deixou lá no blog!

Um abração, e vou te linkar ok?!
;*